Condomínio Simples

COMO SABER SE O CONDOMÍNIO É BEM ADMINISTRADO

Logo de cara podemos afirmar que um condomínio bem administrado é sinal de imóvel valorizado. As implicações que surgem pela administração de um condomínio podem refletir na valorização ou desvalorização do imóvel. Mas e aí, como saber se o condomínio é bem administrado?

Uma das palavras chaves para uma boa administração é COMPROMETIMENTO!

Muitas pessoas desejam o cargo para obter vantagens ou uma remuneração ao final do mês, entretanto essa é uma função que demanda muito comprometimento. Um condomínio é como se fosse uma empresa, dessa forma, é preciso estar atento à diferentes aspectos desde a gestão dos funcionários até obrigações legais.

Podemos até listar algumas funções que toda boa administração terá que fazer com propriedade para que o condomínio tenha uma vida saudável.
  • Elaboração da folha de pagamento dos funcionários;
  • Emissão de boletos de pagamento da taxa condominial;
  • Organização da pasta de prestação de contas;
  • Realização do demonstrativo de receitas e despesas de condomínio;
  • Organização das assembleias;
  • Gerenciamento dos encargos previdenciários mensais;
  • Gerenciamento do fundo de reserva e do fundo de obras;
  • Cuidar das contas ordinárias do condomínio;
  • Emissão de circulares para os condôminos;
  • Aplicação e cobrança de advertências e multas;
  • Oferecer orientação quanto a dúvidas e solicitações dos moradores;
  • Redação de editais de convocação para reuniões do condomínio;

Já é muita coisa pra se fazer, mas acredite, isso é o básico. A vida condominial é um mundo de afazeres, mas claro que tem o lado positivo para quem faz com empenho.

Para saber se o condomínio é bem administrado, todos esses itens devem está sendo cumpridos e a maquina condominial rodando de forma harmônica.

Um condomínio bem administrado conta com uma boa equipe de apoio

Assim como nas organizações, para ter um condomínio bem administrado é necessário um corpo de diretivo eficiente e proativo. Isso significa que o subsíndico e conselheiros devem ter participação ativa na resolução de problemas.

É preciso eleger pessoas que tenham disponibilidade e tempo para apoiar os síndicos nas demandas do condomínio, mantendo-se sempre engajadas.

Transparência nas contas

Um Condomínio bem administrado faz auditorias técnicas para assegurar que os dados estão corretos. Isso é muito importante para evitar conflitos nas reuniões anuais com desconfianças de outros condôminos.

Contar com uma auditoria profissional é a melhor opção nesses casos. Desse modo, o auditor responsável poderá inclusive participar da assembleia anual e assegurar a veracidade dos números apresentados.

Comunicação Eficiente

Um condomínio bem administrado promove a comunicação com todos os interessados no edifício, sejam funcionários, visitantes ou moradores.

A tecnologia é uma grande aliada nesse processo e ferramentas adequadas possibilitam que síndico e moradores troquem as informações necessárias.

Fazer uma boa administração de contas

Um condomínio bem administrado é capaz de controlar o financeiro e possui baixo índice de inadimplência dos moradores.

Conforme mencionamos anteriormente um condomínio é como uma empresa, desse modo todos os aspectos financeiros devem ser monitorados, tais como: fluxo de caixa e contas a pagar e receber.

Viabilizam a mediação de conflitos

Todo ambiente que é compartilhado com diversas pessoas possui conflitos de vez em quando. A diferença é que um condomínio bem administrado tem a capacidade de mediar essas desavenças amigavelmente e manter a boa convivência do local.

COMO MEDIAR CONFLITOS NO CONDOMÍNIO?

Um condomínio bem administrado investe em tecnologia

As tecnologias são essenciais para otimizar processos e facilitar a rotina do administrador do condomínio.

As administradoras contratadas devem oferecer os seus serviços também de forma online, para facilitar o trabalho dos síndicos, mas também a vida dos moradores.

COMO A TECNOLOGIA PODE AUXILIAR NA ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

 

Suporte de uma administradora

As atribuições de um síndico são diversas e é preciso que o condômino escolhido tenha noção de leis, engenharia, direito e administração para gerenciar o edifício sozinho.

A dica de ouro é que o síndico não precisa está só nessa! Contratar uma administradora para dar o suporte necessário e com transparência em todas as áreas é, sem dúvidas, um peso a menos no trabalho do síndico, deixando-o livre para voltar a atenção para outras demandas.

Antes de fechar contrato com a primeira empresa que você encontrar, pesquisa referências com outros síndicos e procure uma administradora que já tenha experiência no Mercado.

É necessário que a administradora ofereça, em síntese, os seguintes serviços:

  • Contabilidade – Administração de setor de pessoal, transmissão de declarações obrigatórias por lei, elaboração de balancetes;
  • Advocacia – Assessoria, cobrança de inadimplentes, ajuizamento de ações de cobrança e defesas trabalhistas, elaboração de regimento interno e alteração da convenção de condomínio;
  • Serviços administrativos – Controle de contas a pagar e a receber, emissão de boleto bancário para pagamento da taxa de condomínio, elaboração e envio de edital de convocação de assembleia;
  • Serviços on-line – Emissão de segunda via de boleto bancário vencido ou a vencer, acesso a prestação de contas, atas, convenção de condomínio, etc.

Por que contratar uma administradora de condomínio​? Entenda aqui!

Até breve.

COMO SABER SE O CONDOMÍNIO É BEM ADMINISTRADO
07/10/2020   publicado por: Condac Condomínios
Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio