Condomínio Simples

10 dicas de gerenciamento dos funcionários do condomínio

gerenciamento dos funcionários
05/03/2017   publicado por: Grupo Condac

Gerenciamento dos funcionários é um desafio para muitos gestores. O mesmo ocorre nos condomínios, que também possui seus funcionários, e desta forma, também possui responsabilidades para com eles. Selecionamos 10 dicas de gerenciamento de funcionários do condomínio a fim de lhe ajudar nesta tarefa. Confira!

1) Faça uma relação de atribuição de funções para cada funcionário

Mesmo que haja atribuições legais para cada tipo de trabalho, é importante fazer uma lista de atividades, atributos e orientações para cada função, para que não haja conflito na rotina de trabalho dos funcionários. Deve-se resgatar ainda as responsabilidades. Faça um quadro de tarefas que esteja de acordo com a legislação e com a convenção do condomínio e que seja do conhecimento dos seus funcionários e dos condôminos.

2) Considere contratar empresas que terceirizam a mão de obra

Muitos condomínios preferem contratar seus funcionários a partir de outra empresa, ou seja, preferem terceirizar a mão de obra. Mas há alguns cuidados na hora de contratar uma empresa deste segmento: é preciso verificar a credibilidade no mercado, se os honorários são devidamente pagos, se não há dívidas trabalhistas ativas, se os profissionais são bem selecionados e atendem às necessidades do condomínio, a escala de horário, etc.

3) Evite a rotatividade de funcionários

A rotatividade excessiva de funcionários gera muitas despesas às contas do condomínio, além de poder afetar a segurança da edificação. Selecione bem os funcionários e saiba valorizá-los, a fim de que a relação entre o trabalhador e o condomínio seja prolongada.

4) Faça um cadastro completo dos funcionários do condomínio

É função do síndico fazer um cadastro de todos os moradores, proprietários, funcionários e outras pessoas diretamente ligadas ao condomínio – principalmente para garantir a segurança. No caso dos funcionários, o cadastro deve ser bastante completo. As informações cadastrais devem também ser repassadas à contabilidade.

5) Evite custos com horas extras

As horas extras devem ser usadas apenas em últimos casos, já que podem pesar bastante nas contas do condomínio. Uma solução é fazer a escala de trabalho e planejar previamente quando ocorrerão as horas extras, assim como folgas, férias, etc.

6) Tenha um sistema de gestão de pessoas

Atualmente, há vários recursos que permitem fazer todo o gerenciamento de funcionários de forma prática e barata. São os softwares, aplicativos, planilhas e outras ferramentas que podem ser adquiridas e personalizadas às rotinas do condomínio.

7) Esteja sempre ciente das obrigações legais e trabalhistas

Mesmo não sendo uma pessoa jurídica, o condomínio responde pela contratação de seus funcionários. Estas são algumas ações necessárias quanto às obrigações trabalhistas:

  • Estar cadastrada no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica – CNPJ;
  • Realizar o cadastro dos empregados no PIS/PASEP;
  • Anotar a Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) dos seus empregados;
  • Entregar a Relação Anual de Informações Sociais – (RAIS);
  • Fazer a emissão da Comunicação de Dispensa – (CD);
  • Recolher o INSS.
  • Recolher a Guia de Recolhimento da Contribuição Sindical – (GRCS);
  • Recolher a Guia de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social – GFIP;
  • Manter o Registro de Empregados atualizados;
  • Efetuar a entrega do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).
  • Entre outras responsabilidades que afetam as relações trabalhistas com seus funcionários.

8) Faça um planejamento anual do seu quadro de funcionários

O planejamento é a melhor solução para gerir o seu quadro de funcionários. Por exemplo, não é indicado que o zelador saia de férias ao mesmo tempo que o síndico ou que os funcionários da limpeza trabalhem no mesmo horário quando requer atenção à limpeza em outro período. Além disso, o planejamento abrange as contratações e as demissões, pois isso facilita na organização das despesas.

9) Invista em capacitação

Todo trabalhador necessita de capacitação e aprimoramento. Cursos, treinamentos, palestras e outras ações podem ser necessárias para que o trabalho seja otimizado.

10) Tenha sempre uma relação amigável com seus funcionários

O síndico trabalha diretamente com seus funcionários e deve ter uma relação tranquila, digna e amigável com todos os funcionários do condomínio. Isso facilita muito a convivência, o repasse de instruções gerais, a comunicação e a implementação do trabalho do funcionário. Motive os demais condôminos a terem também uma relação íntegra com os mesmos.

 

Gostou do artigo? Como ocorre o gerenciamento dos funcionários em seu condomínio? Deixe um comentário!

guia de administração

Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio