Condomínio Simples

5 dicas de ouro para melhorar a gestão de condomínio

02/02/2017   publicado por: Grupo Condac

Dias apertados, reclamações e divergências dos condôminos fazem parte da sua rotina corrida? Nós sabemos como você se sente e entendemos a sua dor.

É verdade: fazer a gestão de condomínio sem a ajuda de ninguém é muito complicado! Pensando nisso, preparamos este artigo especialmente para você. Continue a leitura e descubra como é possível otimizar os processos rapidamente!

1. Peça feedback dos condôminos

Esse é um quesito básico, pois todos que moram no local querem o melhor para si mesmos e para seus familiares. Portanto, é muito importante que todos se sintam “abraçados” pelo síndico, podendo avaliar os prestadores de serviços e os funcionários.

Sendo assim, ouça as questões levantadas pelos condôminos e leve bastante em consideração aquelas críticas ou sugestões que forem recorrentes.

2. Tenha um controle financeiro

Uma boa gestão de condomínio requer um controle financeiro, assim como qualquer outro tipo de gestão. Então, à princípio tente listar todas as receitas e os gastos (fixos e variáveis) do últimos 3 meses e use os valores como uma base para calcular o saldo dos próximos meses.

Além disso, adote algumas práticas como ter um fundo emergencial, fazer ao menos 3 orçamentos antes de contratar um serviço e sempre solicitar a nota fiscal do que foi feito. Dessa maneira, a prestação de contas será saudável, organizada e transparente.

3. Use a tecnologia ao seu favor

Existem diversos aplicativos que ajudam a organização pessoal, e eles também podem ser utilizados para fazer a gestão de condomínio. Por exemplo: que tal usar o Evernote para fazer anotações e nunca esquecer de nenhuma obrigação? Ou talvez o Google Docs para criar, compartilhar e armazenar documentos on-line?

Essas são apenas duas opções, mas é claro que existem diversos outros programas que podem agilizar o processo de gestão.

4. Controle entradas e saídas

Seja terceirizada ou não, ter uma equipe de porteiros confiável é essencial para manter o condomínio em segurança. Portanto, treine-os para que todos saibam as regras de acesso, não permitindo que alguma pessoa mal-intencionada invada o condomínio.

Além disso, dê aos porteiros um livro de registro ou o acesso a um software de gestão de condomínio que registre a entrada e a saída de eventuais prestadores de serviços e seus respectivos dados. Também forneça crachás para que os terceirizados sejam identificados enquanto realizam o serviço.

5. Contrate uma administradora de condomínios

Lidar com questões jurídicas e contábeis pode ser muito difícil, mas deixar de lado essas duas áreas tão cruciais para a gestão de condomínio é um erro grave. Afinal, elas são a base dos recursos humanos e da prestação de contas anual.

Sendo assim, contar com uma administradora de condomínios será muito útil para que você não fique sobrecarregado de tarefas. Isso porque ela vai te ajudar a organizar os contratos, as rescisões, montar as planilhas de gastos referentes a investimentos, consertos, melhorias etc.

Viu como melhorar a gestão de condomínio não precisa ser um bicho de sete cabeças? Certamente você já verá ótimos resultados adotando algumas dessas dicas, mas que tal receber outras ainda melhores? Curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de outros conteúdos como este!

Guia de Assembleias

Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio