Condomínio Simples

5 dicas para contratar um porteiro de condomínio

27/03/2017   publicado por: Grupo Condac

Se você exerce a função de síndico, certamente já deve ter parado para pensar na importância do porteiro de condomínio para o bom andamento das atividades de um conjunto habitacional, não é mesmo? Dentro desse contexto, contratar um porteiro pode se tornar uma tarefa não tão simples, pois é necessário elencar uma série de pré-requisitos para a escolha correta desse profissional.

Para ajudá-lo, elaboramos uma lista com 5 questões que devem ser analisadas para contratar um porteiro de condomínio. Continue a leitura deste artigo e garanta a escolha de um excelente profissional para o seu prédio.

1 . Conhecimento na área de segurança

O porteiro é a primeira pessoa que qualquer cidadão tem acesso ao chegar ao condomínio, sejam pessoas de bem ou mal intencionadas, como bandidos e golpistas. É por isso que esse profissional deve ser muito qualificado, para saber reagir em todo tipo de situação.

Para garantir que o profissional contratado é de boa índole e vai prestar um serviço de qualidade, solicitar as fichas de antecedentes criminais do candidato é uma boa ideia.

2 . Discrição com questões particulares dos moradores

É importante que o porteiro tenha consciência que ele precisa ser discreto. Como é esse profissional quem dá acesso a qualquer pessoa que chega até o condomínio, é comum que ele acabe presenciando situações de cunho pessoal dos moradores.

Ao contratar um porteiro, portanto, o síndico deve ter certeza que o profissional sabe agir com discrição, não tornando públicas as situações particulares dos moradores do local.

3 . Boa comunicação

O porteiro e os moradores do condomínio precisam ter uma relação estreita, baseada na confiança mútua. Para que isso aconteça, uma boa comunicação do profissional é fundamental.

Assim, um porteiro de condomínio deve ser uma pessoa simpática e atenciosa, sempre pronta para bem receber e conversar com os moradores e visitantes do local.

4. Atenção às atividades profissionais

Nas guaritas ou salas onde os porteiros permanecem, geralmente são colocados equipamentos que podem distrair o profissional como televisores ou computadores com acesso à internet.

É claro que isso não precisa ser totalmente cortado e que o porteiro pode fazer o uso desses equipamentos em momentos mais calmos do dia. No entanto, deve-se garantir que o profissional seja uma pessoa centrada e que tenha foco no seu trabalho, estando sempre atento a qualquer situação que esteja acontecendo no condomínio. O profissional deve ter o cuidado para não deixar o portão sempre aberto, por exemplo.

5. Conhecimentos básicos em informática

O profissional de portaria hoje precisa ter alguns conhecimentos básicos em informática para poder lidar com sistemas computadorizados que permitem o acesso das pessoas ao condomínio.

Por esse motivo, vale mais a pena contratar uma pessoa que já possua tais conhecimentos do que contratar alguém que não tem o domínio da informática e que tenha que aprender tudo do zero.

Se você seguir esses 5 tópicos à risca, é possível contratar um excelente porteiro de condomínio. E para continuar se aperfeiçoando nas atividades de síndico, você pode assinar a nossa newsletter e receber mais informações relevantes como essas diretamente no seu e-mail!

guia de administração

Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio