Condomínio Simples

Animais em condomínio: como lidar

Animais em condomínio estão se tornando cada vez mais comuns,  hoje a lei não proíbe a criação de animais domésticos em condomínio, porém é necessário ter alguns cuidados para uma convivência harmoniosa com a vizinhança.

A convenção do condomínio trata de estabelecer algumas regras como quando e onde os animais podem circular, geralmente em áreas comuns são exigidos uso de guias. Para começar a entender mais sobre o assunto existem 3 itens a serem levados em consideração que vamos listar logo abaixo.

 

Regras básicas:

 

Segurança

O proprietário do animal deve levar em consideração que o animal não deve circular pelas áreas comuns do condomínio sem uso de uma guia, se for um animal de porte maior, é necessário o uso de focinheira em alguns casos.

Saúde

Manter sempre as vacinas do pet atualizadas e no caso do animal apresentar alguma doença não deixar que ele circule nas áreas comuns, tanto para proteger os outros moradores quanto os outros animais que vivem no condomínio. É importante também manter o ambiente limpo, evitar que algum mal cheiro ultrapasse o limite do apartamento e se estenda ao hall.

Sossego

Todos possuem o direito a um momento de sossego, é importante que esses momentos sejam respeitados, os condomínios geralmente possuem um horário pré-estabelecido para a “lei do silêncio”. O animal tem direito de fazer barulhos considerados normais durante o dia, afinal ele é um ser vivo que se movimenta e emite sons, o que deve ter uma atenção especial é quando o barulho for excessivo e constante.

 

Mais sobre animais em condomínio

Para que não ocorra dúvidas é importante que o síndico ou o administrador do condomínio deixem claras quais as regras em relação aos animais. Já os donos sempre que saírem com o bichinho se responsabilizem pela sujeira que ele venha fazer.

Outra dica importante, é sempre que usar o elevador segurar o animal no colo, afinal é um espaço pequeno e compartilhado com todos os moradores, sendo assim não corre o risco de sujar o ambiente ou de causar algum incomodo nas outras pessoas que estiverem usando o elevador.

Com o crescimento do números de animais de estimação, exitem condomínios criando espaços exclusivos para os pets onde podem transitar livremente e ter momentos de recreação para eles, evitando até que fiquem estressados por passar muito tempo em um ambiente fechado e pequeno, que são os apartamentos e também fazendo com que os donos não precisem sair do condomínio para desfrutar esse momento.

No seu condomínio existe um espaço exclusivo para os animais? Comente aqui.

 

animais em condomínio
09/01/2018   publicado por: Condac Condomínios
Tags: #animaisemcondomínio
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio