Condomínio Simples

Aprenda a otimizar as contas do condomínio com sucesso

13/02/2017   publicado por: Grupo Condac

Buscar a otimização das contas do condomínio é tarefa de um bom síndico. Porém, muitas vezes encontrar estratégias para isso é algo complicado na correria cotidiana em que diversas funções e decisões recaem sobre o administrador.

Com a motivação de facilitar o gerenciamento e proporcionar melhora nas contas do condomínio, este artigo apresenta 5 dicas para os síndicos colocarem em prática.

1. Desconfie de serviços terceirizados muito baratos

Você pode ter a impressão de que está economizando quando contrata um serviço muito barato, mas isso não é a realidade em muitos casos nos quais o prestador não tem experiência no serviço ou trabalha com materiais de qualidade inferior.

Quando precisar de alguma manutenção no condomínio, a dica é pesquisar não somente o preço dos serviços, mas também atentar para a qualidade dos materiais utilizados e buscar referências do profissional. Depois, com uma lista contendo apenas as boas opções, escolha o melhor preço.

2. Alerte os condôminos sobre o uso indevido de elevadores

Utilize da transparência para conscientizar os moradores acerca da boa utilização dos elevadores, informando-os que a má utilização desses equipamentos prejudica as contas do condomínio e isso leva a aumento na taxa cobrada.

Desenvolva a educação dos moradores quanto a respeitar a carga máxima definida no equipamento, porque isso vai evitar danos e consertos. Alguns elevadores também podem ser desativados em momentos de pouco movimento, como madrugadas.

Ações como essas têm um impacto significativo quando somadas anualmente, aliviando o orçamento para a conta de energia elétrica e manutenção dos equipamentos.

3. Conscientize os moradores sobre o consumo de água e energia

A prevenção ao desperdício de água e energia elétrica também contribui para as contas do condomínio quando totalizadas em um ano.

Você pode afixar cartazes com dados de consumo de água no condomínio, buscando ajuda na tarefa de economizar através da transparência na relação com os moradores.

Outra medida é informar as melhorias que essa economia pode trazer ao condomínio. Além disso, mantenha a manutenção preventiva da estrutura de água em dia, pois isso evita vazamentos e desperdício.

Em relação à energia elétrica, ações simples que podem ser tomadas são instalação de sensores para ligar e desligar as lâmpadas de corredores e a utilização de lâmpadas de LED nos ambientes comuns.

4. Trabalhe na gestão financeira das contas do condomínio

Buscar a melhoria na organização com as contas do condomínio também contribui para a otimização, já que perder prazos causa o pagamento de juros e multas.

Faça a organização das finanças, montando um fluxo de caixa com todas as entradas e saídas de dinheiro. Posteriormente, você pode traçar projeções com esses dados para entender como estará a situação financeira do condomínio nos próximos meses.

A montagem de um fluxo de caixa bem organizado também registra as contas futuras, o que pode alertar o síndico para as datas de vencimento e evitar desperdício de dinheiro.

5. Tenha um software de gestão financeira para ajudar

A administração de um condomínio envolve muitas decisões, o que pode sobrecarregar o síndico, mas essas tarefas gerenciais podem ser automatizadas para facilitar a tomada de decisão.

Adotar um sistema estruturado de gestão financeira para as contas do condomínio pode tornar o serviço mais fácil e muito mais organizado.

Procure um software com um painel de controle fácil de usar e que apresente informações relevantes de forma descomplicada. Existem aplicativos para celular que facilitam ainda mais a geração e manipulação dos dados, dando acessibilidade ao sistema de qualquer lugar com internet.

Gostou deste artigo? Você utiliza algum outro método para otimizar as contas do condomínio? Deixe um comentário!

guia de administração

Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio