Condomínio Simples

Como funciona a contabilidade de condomínio?

contabilidade de condomínio
14/11/2017   publicado por: Grupo Condac

O síndico tem muitas responsabilidades no seu dia a dia, e uma das mais complexas é a contabilidade de condomínios, atividade que exige atenção e cuidado, além de gerar muitas dúvidas.

Pela lei, o síndico está desobrigado de contratar um profissional especializado, porém é importante avaliar a possibilidade, já que essa é uma atividade complexa e que serve para o controle das finanças. Assim, é possível tomar decisões mais precisas e prestar contas adequadamente.

Por ser um assunto tão importante, neste artigo vamos explicar como funciona a contabilidade específica para condomínios. Para isso, apresentaremos as principais dúvidas com suas respectivas respostas. Acompanhe.

1. De quem é a responsabilidade da contabilidade de condomínio?

Essa é uma obrigação do síndico, porque a lei não exige a contratação de um contador. Mesmo assim, o mais indicado é contar com um profissional para fazer os cálculos e auditar a prestação de contas.

Quando o condomínio contrata uma administradora, é essa empresa que faz a gestão das contas e outras questões contábeis, o que é uma alternativa interessante, especialmente se a contratada oferecer vários serviços, como é o caso da Condac, que realiza inclusive auditorias.

2. Há leis contábeis específicas para condomínios?

O Código Civil estipula a necessidade de prestação de contas, mas essa é a única especificação. Não existem outras regras ou diretrizes voltadas para as obrigações contábeis para condomínios.

O problema dessa situação é que muitos síndicos, por falta de conhecimento, elaboram demonstrativos errôneos ou pouco esclarecedores, o que pode ocasionar problemas e tomadas de decisão equivocadas por falta de embasamento.

3. Como os moradores podem acompanhar a contabilidade de condomínio?

A maneira mais adequada de fazer isso é participar das assembleias. Os condôminos ainda devem atentar para comunicados do síndico ou da administradora. Por fim, eles podem solicitar as demonstrações contábeis aprovadas pelo Conselho Fiscal, no entanto, a leitura só conseguirá ser realizada por alguém que já tenha um conhecimento prévio sobre o assunto.

4. Quais são as informações contábeis mais importantes?

Os principais cuidados são relativos às normas contábeis, que devem ser rigorosamente seguidas. Quando essa prática for feita por uma administradora, o síndico deve solicitar o envio das informações exatas. Desse modo, o responsável pela contabilidade de condomínio fará uma boa demonstração de despesas, receitas e investimentos.

5. Quais são as principais fraudes no setor contábil?

Os principais problemas da contabilidade de condomínio ocorrem em relação à manipulação de despesas, como é o caso de produtos majorados, emissão de notas fiscais frias, recebimento de propina e recibos falsos.

Por isso, é indicado que os moradores estejam atentos ao que acontece e acompanhem os demonstrativos contábeis com cuidado.

6. É necessário auditar a contabilidade de condomínio?

Essa não é uma atitude obrigatória, mas recomendada. Um síndico que executa seus serviços com qualidade ou uma administradora eficiente deve tomar essa medida, porque essa é uma maneira de analisar as demonstrações contábeis e verificar a prestação de contas.

É importante mencionar que a auditoria é uma ferramenta útil para evitar fraudes e trazer credibilidade à gestão condominial. Por isso, você pode contratar uma administradora como a Condac para oferecer esse serviço com transparência e qualidade.

Dentre os problemas na contabilidade identificáveis em uma auditoria, se destacam:

  • Desvio de recursos;
  • Recebimento de acordos de valores em atraso;
  • Negociação com a concessão de descontos inadequados;
  • Débitos ou fraudes fiscais;
  • Documentação falsa ou indevida.

 

 

guia de administração

 

Tags: #administraçãodecondominios #grupocondac
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio