Condomínio Simples

Quais os erros mais comuns na gestão do síndico?

erros mais comuns na gestão do síndico
16/01/2018   publicado por: Condac Condomínios

Ser síndico não é um trabalho fácil. Exige tempo, entendimento de gestão financeira, administração e em muitos casos muita paciência para driblar problemas que muitas vezes em nada possuem relação com a função, mas o cargo deixa uma porta aberta para ouvir os mais diversos tipos de problema.

O síndico eleito também é representante do condomínio judicialmente e necessita de muito jogo de cintura para uma boa gestão. E como não é uma tarefa fácil, listamos os erros mais comuns na gestão do síndico que podem ser evitados.

 

Não saber ouvir.

O síndico não pode fazer tudo sozinho e são os moradores os seus olhos e ouvidos constantes. Há um problema? Ouça. Pode ser algo não essencial ou mesmo não relacionado com as funções do síndico mas pode ser algo de extrema importância e não notado antes. Além disso o síndico trabalha para o morador, para o bem de todos. Se o morador não está satisfeito com algo deve ser ouvido.

 

Mudar a destinação dos gastos sem comunicar aos moradores.

Todo gasto deve ser comunicado. Se não está dando para pagar tudo o procedimento é convocar uma assembleia e mostrar em números que a arrecadação está baixa. Não se pode simplesmente usar o fundo de obras para pagar funcionários, por exemplo. É preciso ter a aprovação de todos.

 

Não cuidar da manutenção estrutural.

Seja um condomínio de casas ou apartamentos, é obrigação do síndico manter as áreas de uso comum como por exemplo hall, portaria, garagem, jardim funcionando e em ordem. A manutenção é a melhor maneira para evitar gastos extras ou acidentes.

 

 

Expor os inadimplentes.

Não é apenas um problema de constranger quem deve a taxa de condomínio mas de permitir uma ação judicial por danos morais. A cobrança pode ser feita em particular em uma conversa, por meio de correspondência, e-mail, telefone, mas jamais em público. Nada de listas no elevador apontando quem não pagou naquele mês.

 

Tomar decisões sem votação.

Algumas são urgentes como uma obra de reparo mas a verba é dada por todos e os moradores sempre devem ser consultados. Não importa se é uma reunião para hoje a noite, convoque para explicar a situação.

 

Oferecer desconto para pagamento de taxas atrasadas de condomínio.

É uma solução simples mas não é justa para com quem paga em dia. Caso contrário todos vão deixar de pagar para conseguir desconto a longo prazo e o síndico não terá verba para trabalhar.

 

Tratar mal os funcionários ou não pagar seus encargos.

Em ambos os casos fere-se as leis trabalhistas e pode haver processo. Além do mais, todo trabalhador merece respeito e tem direitos garantidos pela CLT a serem pagos corretamente.

 

Não pagar as contas do condomínio em dia.

Além de gerar multas desnecessárias e diminuir o valor disponível para uso interno é obrigação do síndico manter todos os serviços funcionando e devidamente pagos. Suspensão de um serviço por não pagamento pode fazer o síndico pagar do próprio bolso a multa e taxa de religação.

guia de administração

Tags:
Icone House

Nós conhecemos a vida em condomínio

Temos soluções ideais para o seu condomínio